26 agosto 2006

nuvem passageira

"eu sou nuvem passageira - que com o vento se vai - eu sou como um cristal bonito - que se quebra quando cai - não adianta escrever meu nome numa pedra - pois essa pedra em pó vai se transformar - você não vê que a vida corre contra o tempo - sou um castelo de areia na beira do mar - a lua cheia convida para um longo beijo - mas o relógio te cobra o dia de amanhã - estou sozinho, perdido e louco no meu leito - e a namorada analisada por sobre o divã - por isso agora o que eu quero é dançar na chuva - não quero nem saber de me fazer ou me matar - eu vou deixar em dia a vida e a minha energia - sou um castelo de areia na beira do mar" (Hermes Aquino, 1979)

Trilha sonora de novela em 1979, música de Hermes Aquino, gaúcho egresso da banda Liverpool, virou sucesso nacional. Chegou a ser citada por Raul Seixas em “eu também vou reclamar”. Parece que Aquino lançou um disco, mas brigou com a gravadora e voltou para o Sul, onde se tornou produtor de jingles. É o que sei sobre a música de 27 anos, que ouvi por acaso outro dia, num radinho de pilha. Lúdica e existencialista, belo resgate dos anos 1970.

2 comentários:

Flor disse...

Chegou a olhar o flickr?!?!?!
Se vc quiser, venha aqui em casa...
Te convido!!!
E pode trazer fotos, viu? Mesmo q em cd...

Bjim

photographie disse...

valeu! vou sim! vou só me organizar primeiro, porque estou toda enrolada e correndo com as coisas da vida!!!
vi o flickr, sim! até postei comentário, vc não viu!?