07 agosto 2007

saneamento básico

2 comentários:

Rafael Cavalcanti disse...

Nossa, achei esse filme bem fraco. Fazendo piada com coisa boba, como quando o Otaviano (Paulo José) fala "cheiro de cocô" logo nos dez primeiros minutos do filme e a platéia toda do cinema riu feito criança de primeira série. Só essa cena já deu o tom do filme, não vi grandes atuações nem algo de original ou chamativo no roteiro.

É, eu ando chato pra caralho, admito.

photographie disse...

pois eu gostei! hehe!
talvez eu seja boba, mas achei graça no filme.
Paulo José estava muito bem, como sempre, e adorei Fernanda Torres... enfim, nenhum super filme, porém, boa diversão!
e só vou saber se você anda chato mesmo no nosso encontro de sábado!
beijos!!!