15 maio 2006

homem-espuma

Homem-Espuma, o último disco do Mombojó, foi lançado no início desse mês, pela Trama. Surpresa boa. Achei a banda mais madura, linear e definida, com influências mais diluídas. Mais rock, menos swing, sem deixar de ser Mombojó. Com texturas complexas e bem exploradas, que vão do trompete a nove tipos de teclado (adoro o vibrafone). As guitarras aparecem mais. Curti as participações de Tom Zé e Céu – muito bom! A única faixa que não me deixou feliz foi Pára-Quedas. Todo resto é lindo. O site ainda não foi atualizado, como se esperava, já que a banda pretende continuar divulgando seu trabalho pela internet. Os planos eram colocar o Homem-Espuma todo on line na semana do lançamento, mas apenas a primeira faixa está disponível no site da Trama. Ganhei o disco nesse fim de semana e não parei de ouvir. É um trabalho com menos edição, menos interferência, mais espontâneo. Adorei.
"não quero ser o mais vendido.nem quero falar só com o seu ouvido.eu quero entrar no seu coração.nem quero falar só de amor.eu vou tentar só mais uma vez.quero estar no seu coração"

5 comentários:

Anna disse...

Fiquei com vontade de escutar!

che disse...

Essa história de colocar o disco pra baixar na semana do lançamento é mais marketing de quem está preocupado em não ser chamado de vendido do que verdade. Eu acharia mais legal se eles se preocupassem só com a música e deixassem as bandeiras de lado.
Ainda assim, aguardo minha cópia. =)
Escreve tão bem essa menina.

che disse...

Fê, o link do flikr tá errado. corrige lá depois. =)

photographie disse...

e aí anna, já escutou?

photographie disse...

já corrigi che, e concordo com você quanto à questão das bandeiras e tal... mas que curto essa coisa de disponibilizar cd por internet, curto.